Posts Tagged ‘carne vermelha’

Creme de Abóbora

Ontem rolou um creme de abóbora por aqui, comandado pela Bibi, que faz os presentes diferentes. Ficou sensacional, fazia tempo que não provava algo tão bom, verdadeiramente confort food.

Creme de Abóbora com Carne Seca

Diferente do que a muitos podem pensar, Continue lendo

Almondegas

Almondegas cozidas, fritas ou assadas? Almondegas levemente recheadas

Receita de Almondegas

Filé Duplo, o Churrasco de Igreja

Esse é o tradicionalíssimo filé duplo do Vale Europeu. Aqui você encontra esse corte por todos os lados e ele é obrigatório nas festas de igreja. O acompanhamento de pepino, tomates e salada de batata também está sempre presente.
filé duplo bovino
O Filé Duplo parece muito com a Chuleta já que é retirado do centro do filé mignon, final do contra filé e parte da fraudinha. Ele é separado pela espinha dorsal do boi possibilitando num único corte 3 sabores Continue lendo

Ossobuco

Você quer músculo com osso, é isso? Essa foi a pergunta que o açougueiro fez na primeira vez que lhe pedi 1kg de Ossobuco e precisei explicar. Por isso, se até um bom açougueiro não conhecia esse corte por esse nome, todos nós estamos perdoados se dissermos “mas que diabos é ossobuco?” É o músculo bovino com osso, aquele corte que eu adoro usar em sopas, fatiado de forma a manter uma rodela de osso ali meio que no centro.

receita ossobuco

Esse é um prato fantástico de origem italiana, mais especificamente da região da Lombardia, mais especificamente ainda da cidade de Milão. Fica muito melhor quando feito em cozimento lento o bastante para que o tutano, ou a maior parte dele se dissolva, bem como a gordura que entremeia a carne, adicionando ainda mais sabor ao molho e deixando um buraco no osso, dando nome ao prato. Acompanhado com polenta, o ossobuco se torna um clássico. Aliás, vale ressaltar que Ossobuco com Polenta é um clássico dos mais acessíveis nesses tempos de carnes caras.

Não é um cozido complicado, na verdade é bastante simples, bastando fritar a fauna numa panela, refogar a flora na outra, juntar o etílico, juntar todo o resto, cozinhar e comer. Então, mãos à obra.
Continue lendo

Hambúrguer Caseiro

Junk food americano? Claro que não, na verdade uma refeição saudável e equilibrada.

O Hambúrguer já faz parte da nossa cultura e forma a Família-X de lanches com carne bovina mais popular do Brasil. Tendo como seus membros mais famosos o cheese salada, chesse bacon, cheese egg e até o cheese tudo, uma enormidade de variações levando o disco de carne.

receita hamburger caseiro gourmet saudavel

Não sou nutricionista e claro que a minha opinião não tem rigor cientifico, mas meu olhar leigo sobre a alimentação e nossos hábitos me leva a pensar que, com todas variações que foram sendo incluídas nesses lanches acabaram desconstruindo uma refeição quase perfeita, que alia o carboidrato do pão às fibras e vitaminas da salada e as proteínas da carne, que se bem preparada ainda nos trás uma quantidade aceitável de gorduras. Tudo acompanhado de um molhinho de maionese com ketchup que podem até ser light. Um lanche feito com Hambúrguer Caseiro pode sim ser uma refeição saudável.
Continue lendo

Almondegas

Outro dia recebemos um casal de amigos pro jantar, ambos descendentes de italiano. Já estávamos todos ao redor do balcão e eu já servia os antepastos quando a Joyce perguntou qual seria a delicia para o prato principal. Quando eu disse “porpetas” ela perguntou “o que é isso?”, “pergunte ao seu namorado”, respondi. E quem disse que eles sabiam o que eram porpetas? Para quem, como eu, é de São Paulo, é surpreendente encontrar pessoas, sobretudo descendentes de italianos que não saibam um pouco sobre a cultura gastronômica italiana. Mas nem tudo está perdido, todos sabiam o que são Almôndegas.

receita almondegas molho tomate calabresa Meatballs

Então eu servi almôndegas com linguine ao molho de tomates com calabresa moída. Linguine é uma massa chata como o fettuccine, porém, estreita como espaguete (spaguetti). Eu gosto muito. Alguns cozinheiros que conheci gostam de colocar as almôndegas cruas para cozinhar no molho e outros preferem fritá-las antes. Tudo muito bom, mas eu prefiro assá-las em foto bem alto por 10 minutos para selar. Depois que assá-las você verá que ela te presenteia com “o segredo”. Acredito se nunca fez dessa forma, deveria experimentar para ver o que acha. Eu acho que elas ficam fabulosas.
Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: