Costelinha no Quentão de Cachaça

Essa receita de costelinha é especial para o mês das Festas Juninas, pois é preparada no Quentão. Isso mesmo, essa costelinha vai cozinhar na própria marinada, feita com os ingredientes do quentão. A única substituição que fazemos é trocar o açúcar por mel que vai dar um toque caramelizado, e acredite, fica ótimo.
costelinha quentão cachaça
Não sei como é na sua cidade, mas aqui em Indaial (SC) se eu quiser encontrar uma costelinha inteira, preciso encomendar no açougue; E quando faço isso me olham como se eu estivesse pedindo a coisa mais estranha do mundo. Aqui a costelinha é sempre cortada em ripa, então uma costela suína é cortada em até 3 tiras estreitas. Bem, o fato é que eu não encomendei e fiz com 2 tiras estreitas, o que em minha opinião, mudou o sabor final do prato. Então de preferência por comprar a costela suína inteira, sem dividi-la no comprimento, além de mais saborosa ela ficará mais bonita.

Costelinha no Quentão

Ingredientes

1,5 kg de costela suína magra cortada em pedaços entre os ossos
3 xícaras de cachaça
2 xícaras de água
25 gr de gengibre sem casca cortados em rodelas
1 limão sem casca cortado em rodelas
2 cravos da índia
2 pedaços pequenos de canela em pau com 5 cm cada
1 colher (sopa) de mel
sal e pimenta do reino moída na hora a gosto
1 fio de óleo vegetal

Modo de Fazer

Em um bowl junte a água, cachaça, mel, gengibre, cravos, canela, o limão e o mel. Misture bem, adicione cerca de 1 colher de sobremesa de sal e pimenta moída na hora a gosto, misture. Mergulhe a costela já cortada e deixe marinando na geladeira por 1 hora. Não vai precisar mais do que isso. Você pode colocar dentro de um saco plástico ou deixar dentro do bowl mesmo.

Depois de 1 hora separe os pedaços de costela da marinada e leve a uma panela bem quente para dourar em um fio de óleo vegetal. Se o seu fogão for domestico, leve os pedaços aos poucos para manter a temperatura alta e a carne não soltar liquido. Você deve dourar a carne por uns 10 ou 15 minutos.
costelinha quentão cachaça
Já com a carne dourada, descarte os cravos e a canela e reserve 1 xícara da marinada. Junte a marinada à carne na panela e quando levantar fervura abaixe o fogo e deixe cozinhar até reduzir quase completamente. O Álcool da cachaça vai evaporar todo e você vai obter um molho bem denso envolvendo a carne.

Transfira a costela para o recipiente em que for servi-la. Despeje a marinada reservada na panela, mexa bem até soltar aquela crostinha que se formou (isso se chama deglacear), deixe esse caldo reduzir até a consistência de molho que gostar mais e regue a costela com ele.
costelinha quentão cachaça

Velho Truque Índio

Se couber dicas nessa receita tão simples eu diria para não exceder à quantidade de cravos, canela e gengibre indicada para essa quantidade de carne. Tão pouco exceder o tempo de 1 hora marinando. Você perceberá que esse receita tem um toque oriental, mas excedendo quantidade e tempo, esse toque fica incrivelmente forte.

Quentão de Cachaça

Tenho certeza que o nome dessa receita (e título desse post) vai soar estranho para muitos. Para alguns é óbvio que quentão é de cachaça, já para outros vai ser bem estranho imaginar um quentão de cachaça. As diferenças regionais de um país como o Brasil são mesmo fascinantes. Aqui em Santa Catarina, e parece que no Rio Grande do Sul também, o quentão é feito de vinho e não de cachaça. É o que em São Paulo chamamos de vinho quente, uma espécie de vin brulé. Aliás, em São Paulo é comum servirem quentão e vinho quente nas barraquinhas das festas juninas. E onde você mora? Como é feito o quentão, com cachaça, com vinho ou com os 2 juntos?

feed de receitasreceitas no emailreceitas no twitter

9 responses to this post.

  1. Posted by Isabel on 20/06/2011 at 18:36

    Oi!! Adorei a receita e certamente foi experimentar. Moro em Rio Grande (RS) e aqui o Quentão é feito com vinho e cachaça, e além desses ingredientes que citaste sempre coloco rodelas de laranja ou bergamota. Fica TRI bom.

    Responder

  2. Posted by Pepa on 20/06/2011 at 18:43

    Aqui o quentão é de cachaça mesmo, rsrsrs e o que é essa costelinha !!! Meu Pai !!!

    Bjus 1000

    Responder

  3. Quentão aqui em Porto Alegre é feito com vinho tinto, cachaça, açúcar e um toque de cravo e gengibre. Esta costelinha deve ter ficado um espetáculo, acompanhei ansiosa o preparo ontem no twitter! Beijão, Ju

    Responder

  4. Posted by Norma Sueli on 20/06/2011 at 21:34

    Nossa Senhora esta costelinha hein? estou com água na boca!

    Responder

  5. Olá, eu fiz costelinha no domingo. Adoro… acho que sempre tem um jeito novo e gostoso de fazer. Sua receita está de dar água na boca.
    Lá em Minas o quentão é feito de cachaça… é muito bom… todas aquelas guloseimas de festa junina.

    Abraços,

    Adriana

    Responder

  6. Excelente! Mas será que fica bom deixar essa costelinha marinada inteira e colocar ela na churrasqueira??? Talvez fique com um quê de defumada, não? Com o resto da marinada, reduz no fogão para colocar por cima depois de pronta… deve ficar bom tb! Vale uma tentativa!

    Abs e mais uma vez parabéns pelo blog

    Responder

  7. Mesmo com a ripa de costela, a receita ficou com uma aparência deliciosa! Já vi uma receita de costela na caipirinha, se bem me lembro no blog Diga Maria. Aqui na minha região, o quentão é de cachaça, o outro é o “quentão de vinho”, quando tem, rs. Beijos!

    Responder

  8. Posted by Rosa on 21/06/2011 at 12:17

    Olá! No Paraná, há quem faça um chá quente com abacaxi e chame de Quentão de Abacaxi”, não sei o preparo. Tem canela em pau, cravo, açucar “queimado”, água e abacaxi, o gengibre creio que não há. Geralmente é servido para as crianças e pessoas que não podem ou não curtem vinho e cachaça. Interessante essa fusão com o Quentão e a costelinha de porco. O molho deve ficar com o sabor bem apurado, numa fatia de pão então…hum… Bom, muito bom!

    Responder

  9. hmmm… vou mesmo experimentar essa costelinha! adoro carne de porco!
    cheguei hj ao seu blog e veja só: vc é a 2ª pessoa que conheço que mora em indaial🙂
    meu marido tem uma amiga quase que de infância, indaialense (?) há uns 5 anos, que vive nos convidando p/ conhecer a cidade.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: